Nossos Comportamentos

“Queridas Pessoas,

Pare para refletir por um minuto: A história do ser humano e da sua psique já foi virada de cabeça para baixo, analisada de todas as maneiras.

Mas mesmo com todos os estudos e análises já realizadas, a maioria de nós continua a viver no escuro.

E o mais curioso: ficamos perplexos pelos comportamentos de amigos, vizinhos, familiares e, em alguns momentos, até pelos nossos comportamentos.

Ficamos despontados pela maneira como vivemos e como caminhamos, mas queremos e sabemos que nossas sombras, nossos impulsos e maus comportamentos precisam ser trabalhados e muitas vezes temos dificuldade em lidar com tudo isto.

Como comportamento é repetitivo, sabemos das nossas falhas, mas não conseguimos ficar livres deste comportamentos limitantes. Rezamos, oramos e em segredo, pedimos força de vontade para abrir mão e ter a coragem de deixar ir estas sombras.

Acredito que a única maneira de ficar livre destes comportamentos limitantes, é nos CONSCIENTIZANDO e ASSUMINDO as nossas sombras. E naturalmente, trabalhando estes comportamentos através de terapia.

Como dizia Jung: “Você só se ilumina, só se torna um ser de luz, quando tiver coragem de reconhecer as suas trevas.”

Texto de Tadashi Kadomoto (Instituto Tadashi Kadomoto – http://www.tadashi.com.br)

Beijos da Che

wlEmoticon-redrose.png

Solte-se

Soltar não é me desligar, mas entender que eu não posso controlar o outro.
Soltar é permitir-se aprender com as consequências naturais dos acontecimentos.
Soltar é não culpar ou acusar outros, mas dar o melhor de mim.
Soltar não é corrigir, mas dar suporte.
Soltar não é negar, mas aceitar.
Soltar não é repreender ou argumentar, mas identificar minhas próprias falhas e corrigi-las.
Soltar não é ajustar tudo aos meus desejos, mas tomar cada dia como ele vem, e valorizar-me nele.
Soltar não é reclamar do passado, mas crescer e viver para o futuro.
Soltar é temer menos e amar mais.

Por Brahma Kumaris

Beijos da Che

Leveza

A leveza surge quando você se torna flexível. Quando você se ajusta rapidamente a toda e qualquer situação essa atitude o ajuda a ficar leve. Para chegar a esse estágio, apenas faça o que a situação pede e tenha um pouco de tolerância aqui e ali. Use todo o poder necessário para permanecer leve; use o mínimo de palavras para dizer o que precisa ser dito.

Não pense muito! Pensamentos demais tiram a clareza, gastam energia. Pensamentos extras são como uma carga, deixam você pesado. Portanto, aplique um ponto final nos acontecimentos e siga em frente, sem se deixar bloquear por nada. Isso, sim, é leveza.

Por Brahma Kumaris

Beijos da Che

O cacto e a lagarta

Certa vez um homem pediu a Deus uma flor… e uma borboleta.

Mas Deus lhe deu um cacto… e uma lagarta.

O homem ficou triste pois não entendeu o porque do seu pedido vir errado.

Daí pensou: Também, com tanta gente para atender… E resolveu não questionar.

Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixara esquecido.

Para sua surpresa, do espinhoso e feio cacto havia nascido a mais bela das flores.

E a horrível lagarta transformara-se em uma belíssima borboleta.

Deus sempre age certo.

O seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado.

Se você pediu a Deus uma coisa e recebeu outra, confie.

Tenha a certeza de que Ele sempre dá o que você precisa, no momento certo.

Nem precisa o que você deseja….é o que você precisa.

Como Ele nunca erra na entrega de seus pedidos, siga em frente sem murmurar ou duvidar.

O espinho de hoje… será a flor de amanhã.

Recebi esta linda mensagem da minha amiga Natasha agora há pouco! Beijos Nana!

Beijos da Che

Modificar emoções

William James, cujo conhecimento de psicologia prática jamais foi ultrapassado, observou certa vez que não podemos modificar instantaneamente as nossas emoções apenas resolvendo fazer isso, mas que podemos modificar nossos atos, modificando automaticamente nossos sentimentos. “Assim – explica ele – o caminho voluntário e soberano para a alegria – se a alegria já se perdeu – é sentir-se alegre e agir como se a alegria já estivesse presente.”

Mas, será que um truque tão simples dá resultado? Experimente você mesmo. Ponha no rosto um grande, largo e franco sorriso; ponha os ombros para trás, aspire o ar longa e profundamente e cante o trecho de alguma canção. Se não souber cantar, assobie. Se não souber assobiar, cantarole.

Você logo descobrirá o que William James estava falando. Descobrirá que é fisicamente impossível permanecer melancólico e deprimido enquanto estiver agindo como se fosse radiosamente feliz! Essa é uma das pequenas verdades básicas da natureza que podem facilmente operar milagres em nossas vidas.

(texto de Dale Carnegie no livro “Como evitar preocupações e começar a viver”)

Beijos da Che

I’m coming back

Well, vamos lá.

Passei um bom tempo fora do ar, mas agora eu estou voltando!

Beijos da Che

20130519-233712.jpg

A folha em branco

Um professor entrou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova relâmpago.

Ele entregou uma folha apenas com um ponto negro no meio e disse:

– Agora vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo.

Os alunos, confusos, começaram a difícil tarefa.

Terminado o tempo, o professor recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta.

Todas, sem exceção, definiram o ponto negro tentando dar explicações por sua presença no centro da folha.

Após ler todas, ele disse: "Ninguém falou sobre a folha em branco. Todos centralizaram suas atenções no ponto negro"

Assim acontece em nossas vidas. Temos uma folha em BRANCO inteira para observar, mas sempre nos centralizamos nos pontos "negros"

A VIDA é um presente de DEUS, dado a nós com extremo carinho.

Porém, insistimos em olhar apenas para o ponto negro e eles são mínimos em comparação com tudo aquilo de maravilhoso que vivemos diariamente.

Pensem nisso!

Beijos da Che